domingo, 2 de janeiro de 2011

Pensamento e idéias...

A graça nos diz que somos aceitos como estamos. Podemos não ser o tipo de pessoa que desejaríamos, podemos estar muito distantes de nossos objetivo, podemos contar mais fracassos do que realizações, podemos não ser ricos, poderosos, mas somos apesar de td aceito por Deus e seguros nas suas mãos. essa é a promessa feita a nós em Jesus Cristo, uma promessa da qual podemos confiar!

‎"A honestidade diante de Deus requer o risco de fé mais fundamental que podemos assumir: o risco de Deus ser bom, de Deus de fato nos amar incondicionalmente. É assumindo o risco que redescobrimos nossa digindade. Levar a verdade sobre nós mesmo, tal como somos, para Deus, Tal como Deus é, é a coisa mais nobre que podemos fazer nesta vida" - Gerald May - Psiquiatra de Washigton DC - USA

‎"Pois teus lábios contorceram-se a fim de ajustar-se ao meu ser pecaminoso, por julgar-me não pelas minhas parcas boa obras mas pelo teu amor que é tua dádiva para mim, por teu insuportavel perdão e infinita paciência para comigo, por outros que têm dons maiores do que eu e pela honestidade de reconhecer que sou maltrapilho." Grazie, Signore"

A adoração cultual não é apenas hipócrita, mas também absolutamente sem significado, se não é acompanhada de amor pelos outros; pois do contrário não tem como ser um meio de dar graças a Deus (Jon Sobrino)